terça-feira, 22 de novembro de 2011

Fácil, extremamente fácil...


Às vezes me pergunto por que as pessoas se apaixonam tão rápido por alguém, um pessoa que até alguns dias atrás era um completo desconhecido...
Depois de ter passado por um relacionamento na qual só se tem dor, o normal é querer ficar sozinho por um tempo... E é o que muitos fazem, mas tem aqueles que passam tempo demais em meio a solidão. Tendo só e simplesmente a si mesmo como companhia. Talvez por medo de se machucar novamente...
As pessoas que se apaixonam facilmente, tem o grande problema da carência. Sentir-se só, abandonado e sem valor é rotina na vida destas pessoas... Por isso quando encontram alguém na qual aparentemente entendem tudo o que a angustia e os seus questionamentos para com o que acontece no mundo a sua volta, ela se apaixona... Agarram-se a essa chama de esperança na qual anuncia que a solidão pode ter chegado ao fim. Ilusão talvez? Pode até ser que seja...
Os amigos podem sim suprir uma necessidade maior que a da companhia...
Estar do lado, rir... Ou só conversar e andar por ai é mesmo um dos papeis básicos de amigo. Mas e na cama? Sabemos que existem as amizades coloridas... #Fato! Mas será que elas  suprem a vontade do ter, sentir, viver?
Talvez amigos coloridos sejam apenas amigos com o acréscimo do sexo, sem sentimento... Sem dor.

Dizem por ai que “é melhor fazer com um amigo, do que com um inimigo” Que seja... Pois Tudo começa de uma grande amizade.
É preciso ir devagar, um tijolo de cada vez... E assim, no fim quando a amizade estiver solida, forte o bastante para suportar um relacionamento você vai ter ao seu lado não um namorado/a mas sim um amigo! Né melhor?! 


2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. ameiiiiiiiiiii... e o filme tb é ótimo!!!

    ResponderExcluir